RX Hotéis

Quatro tendências de IoT para hotelaria em 2018

Com a mudança significativa no setor hoteleiro, para fornecer experiências mais atraentes do que os novos serviços populares, como Airbnb, HomeAway e VRBO, é fundamental buscar uma melhoria na sua infraestrutura de rede sem fio e oferecer mais que Wi-Fi gratuito e assim poder permitir novas experiências aos seus hóspedes.

Independente do tamanho ou tipo de estabelecimento que você opera, dispositivos IoT e inovações relacionadas são algumas funções adotadas ao longo do ano para atingir seus objetivos. Aqui estão as quatro inovações mais importantes de IoT e rede sem fio para este ano.

Tendência nº 1: Serviços baseados em localização ajudam a criar um ambiente como o de casa

Com sensores de IoT habilitados para Bluetooth instalados em todo o estabelecimento e as mais recentes inovações em soluções de tecnologia de localização e análise, você pode automaticamente reconhecer e registrar os hóspedes no momento em que ele entrar no seu estabelecimento. Eliminar o atendimento no balcão de registro reflete bem a experiência de entrar na própria casa.

Quando passarem pelo saguão de entrada, os hóspedes recém-chegados podem receber uma atualização automatizada por aplicativo móvel sobre o status do quarto. Se ainda não estiver disponível, a mesma tecnologia pode oferecer um lanche ou coquetel gratuito/com desconto no restaurante. Quando o hóspede se dirige ao quarto, ele pode configurar a temperatura ambiente antes de chegar.

Já no quarto, a infraestrutura de IoT e a tecnologia de localização podem oferecer outros benefícios, como por exemplo, o hóspede pode reproduzir conteúdo pessoal na televisão do dormitório, pode usar o aplicativo móvel para agendar uma massagem no spa do hotel ou ainda pedir uma bebida para chegar ao mesmo tempo que ele na piscina. Com o avanço das soluções sem fio, ainda mais opções devem surgir, como usar um dispositivo móvel para projetar a rotina preferida de exercícios em um espelho de corpo inteiro.

Tendência nº 2 – Gerenciamento de acesso facilita a autenticação na rede Wi-Fi

Uma colaboração importante para a criação de experiências mais atraentes é o acesso facilitado à rede sem fio.

Por exemplo, se o seu estabelecimento ainda exige dos hóspedes a árdua tarefa de realizar a autenticação para acessar a rede Wi-Fi, isso deve começar a desaparecer em 2018. Ao invés de digitar nomes de usuário estranhos e longos, você só precisará habilitar a rede Wi-Fi para autenticar o hóspede com apenas um toque. Deixe sua solução de gerenciamento de acesso fazer a identificação do dispositivo e realizar as tarefas de segurança de rede.

Com soluções de acesso ainda mais avançadas, seus hóspedes frequentes só precisam completar o processo de login uma vez durante um certo período, por exemplo a cada três ou seis meses. Os estabelecimentos de grande porte já começaram a utilizar esta funcionalidade. Então, se você visitar um desses hotéis em Nova York, por exemplo, e acessar a rede, quando for visitar outro hotel da mesma rede em outra cidade duas semanas depois, você já será reconhecido automaticamente.

Outra maneira de facilitar o acesso é implementando recursos de navegação em seu aplicativo móvel para mostrar as opções de alimentos e bebidas aos hóspedes. Os recursos mais avançados podem incluir disponibilidade de mesas dos restaurantes em tempo real para direcionar os hóspedes a mesas menos usadas ou ainda oferecer aos que aguardam mesa uma opção sem fila de espera.

Ferramentas sofisticadas de engajamento móvel também podem extrair dados de outros registros para detectar automaticamente quando surge um grupo grande para refeição e oferecer-lhes pratos especiais em locais onde a demanda está baixa. Da mesma forma, essas soluções podem ajudar a ajustar a equipe para garantir que os locais com demanda alta tenham um número suficiente de atendentes.

Tendência nº 3 – Rótulos em ativos melhoram as experiências e o uso dos recursos

Mesmo as experiências mais atraentes e o acesso facilitado podem não compensar a frustração causada por algo tão simples como um atraso do carrinho da bagagem. Porém, o problema pode ser resolvido usando tecnologias de rastreamento de ativos de baixo custo baseado em localização. Dessa forma, a equipe, ou mesmo os hóspedes, podem identificar rapidamente os carrinhos da bagagem pelo aplicativo móvel.

Também é muito chato para os hóspedes encontrar carrinhos com bandejas e louças no corredor de um hotel, atrapalhando a passagem no corredor. Com os rastreadores, os funcionários do hotel podem receber um alerta quando o carrinho com louças for deixado no corredor, para que seja recolhido de maneira rápida e eficiente.

As melhores soluções ainda monitoram quanto tempo um item está parado, por exemplo, no quarto de um hóspede, e aciona um alerta. Em seguida, uma pessoa pode verificar se o hóspede já acabou sua refeição ou, no caso do carrinho de bagagem, se o hóspede precisa de ajuda.

Mas, antes que de qualquer ação da equipe, uma mensagem personalizada pode ser enviada ao hóspede, criando mais um ponto de contato e fazendo com que ele se sinta único e especial.

Tendência nº 4 – Zoneamento + inteligência artificial = inovações mais recentes de segurança de IoT

Para efetivamente gerar as experiências discutidas aqui, os sistemas habilitados pela IoT também devem ser seguros. Já vimos hackers tentando acessar a rede de um hotel usando dispositivos de IoT e comprometendo o sensor de um aquário conectado via IoT na tentativa de roubar dados.

As opções avançadas de segurança de IoT incluem a capacidade de agrupar os dispositivos conectados em "zonas" para segregá-los à rede, aumentando a capacidade de aplicar políticas de segurança personalizadas, como definir um conjunto de políticas para rótulos de ativos e outras para travas de portas conectadas à rede.

Além disso, as melhores soluções usam inteligência em tempo real, análises avançadas e aprendizado de máquina baseado em inteligência artificial (IA). Essas ferramentas podem detectar em questão de milissegundos mudanças no comportamento do usuário ou do dispositivo que podem indicar uma invasão no perímetro da rede. Os dispositivos afetados podem ser automaticamente colocados em quarentena e um alerta é enviado a um operador designado para investigar o caso.

Não importa qual a modernização específica da experiência dos seus hóspedes, está claro que a IoT desempenhará um papel cada vez mais importante em 2018 e nos anos seguintes. Para obter o máximo da solução, agora é a hora de considerar as opções disponíveis que vão ajudar as empresas a se destacarem da concorrência.


Crédito Foto:Divulgação
 


Busca

Cadastre seu email

Receba novidades sobre a Raio-X